Tchau facebook. Olá Diáspora!

Já faz algum tempo que não escrevo e tenho pelo menos três posts pela metade falando do facebook, mas agora simplesmente não pude ficar calado. Eles decidiram atirar a merda na minha cara, e dessa vez eu vou cuspir de volta:

http://gizmodo.uol.com.br/facebook-remove-opcao-de-privacidade-e-agora-qualquer-um-pode-encontrar-seu-perfil/

Se você não entendeu, o que acho difícil já que está tudo muito bem explicado, eu te digo: o facebook não permite mais que você tenha um perfil privado. Isso mesmo: agora todas as pessoas poderão te achar, mesmo que você não queira. Antes havia uma opção de você impedir que seus dados fossem visualizados por outras pessoas sem que você autorizasse, e agora eles inverteram a coisa: se você não quiser que ninguém veja, vai ter que decidir na hora de publicar.

Você deve estar se perguntando o que há de tão ruim nisso, já que ninguém usava mesmo. Preste atenção nesse trecho destacado pelo Gizmodo:

A configuração também fez o recurso de busca do Facebook ficar incompleto algumas vezes.

O grande lance é o seguinte: para que a busca funcione como deveria, seria necessário ter acesso à todas as informações de todos os usuários, pois às vezes alguma informação que você precisa encontrar está em um perfil privado. Não encontrar o que se busca não é bom para a empresa. Afinal, para vender aos anunciantes que o serviço é bom eles precisam de mais informação. O princípio é o mesmo que escrevi aqui: a busca depende de haver informação pública disponível, e quando não há começa a ser incompleta.

É preciso também que você aprenda a enxergar os sinais, que já são claros desde quando o Ning passou a ser pago. Primeiro o facebook começou a controlar o que aparecia na sua timeline quando passou a exigir que você assinasse o feed das páginas, e começou a controlar o que aparecia no seu feed de notícias. Com isso eles estavam querendo realmente o que parece: controlar o que aparece na sua página. Em teoria, por conhecer o que você gosta ele promete te apresentar o que é de seu interesse. Aí eu te pergunto: no período das manifestações quantas notícias sobre o tema apareceram na sua timeline? Você acha que foi por acaso? Agora veja a estratégia que a NSA usou para tentar desarticular a Deep Web e a rede TOR. No Brasil os donos das páginas do Anonymous foram presos e notificado pelo governo. Coincidência?

Agora a coisa chegou ao fundo do poço: eles acham que eu ter alguma privacidade, ainda que ilusória pois eles sabem tudo o que estou fazendo, acaba prejudicando os negócios. Uma rede neural com base em informações depende de elas estarem disponíveis, motivo pelo qual eles estão mudando as políticas de acesso. Aí você deve estar pensando: o que eu faço então? Com a palavra, o amigo Anahuac:

http://www.anahuac.biz/?p=319

As redes federadas livres são nossa única opção, pois são fisicamente distribuídas, baseadas em Software Livre e não tem como nenhum país assumir o seu controle. Os dados são protegidos por pessoas de diferentes partes do mundo, e somente o fato de alguém tentar roubar alguma informação é tão complexo que acaba não valendo a pena. Vou deixar a explicação para outro dia, mas estou dando um basta para o Markinho. Tchau facebook! Seja bem-vinda Diáspora:

https://joindiaspora.com/

Se quiser me encontrar por lá vai ser fácil: eduardosan@joindiaspora.com

Siga o portal dos Calangos nas redes sociais



Leave a Reply

Skip to toolbar