Porque existe preconceito contra o Botafogo?

O duelo entre Raposa e Bostafogo, nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte, pode ser considerada uma “final antecipada” do Campeonato Brasileiro já que os dois times parecem disputar “sozinhos” o título nacional. Nos pontos corridos tivemos alguns campeões com muita autoridade, o maior deles é a Raposa de 2003 e o Bambi de 2007, que tinha uma defesa intransponível. O Bostafogo tem vacilado na hora de entrar na Libertadores, em reta final de campeonato. Pode ser 4º colocado, ir para a Libertadores, mas vacila e chega em 7º lugar, como no ano passado. Então passamos a desconfiar, é o caso da Raposa também que a 10 anos não ganha o Campeonato Brasileiro, mas está muito forte.

meia-seedorf-pede-atencao-aos-companheiros-do-botafogo

O Campeonato Brasileiro deste ano está sendo disputado “cabeça a cabeça” com números fortíssimos do time que ano passado foi 7º colocado, o Bostafogo, e outro que o ano passado foi 9º colocado, a Raposa. Em qualquer campeonato do mundo o que foi 9º colocado ano passado vai ser 6º, 7º colocado esse ano. Mas esse ano, o 9º do ano passado está brigando para ser campeão e o 2º colocado foi 7º no ano passado, por quê? Porque tem muito time brigando “cabeça a cabeça” na parte de cima da tabela, que se recupera por tradição, por cobrança da torcida, por uma série de circunstâncias, e é isso que acontece com Raposa e Bostafogo hoje.

O Bostafogo tem vacilado na “hora H” nos últimos anos. O Bostafogo de 1995 para cá foi no máximo 6º colocado, em 2010. O preconceito que existe com o Bostafogo é porque o Bostafogo de 1995 para cá tem perdido jogos decisivos na hora decisiva, o Bostafogo de 1995 para cá não passou do 6º lugar, é por isso que às vezes se duvida mais do que deve.

Siga o portal dos Calangos nas redes sociais



Leave a Reply

Skip to toolbar