O Ministro do Esporte não parece preocupado em organizar e moralizar o esporte

aldo_rebelo

O Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, esteve na última segunda-feira no programa Roda Viva, da TV Cultura. O ponto positivo da entrevista é a presença do entrevistado. Afinal muitas vezes o entrevistado que está na situação em que ele pode ser alvo de várias perguntas difíceis de serem respondidas não aceita o convite. O ponto negativo são as respostas. A maioria massacrante das vezes ele não responde. Os entrevistadores tiveram que insistir nas perguntas para ver se saia alguma coisa. E lamentável os ataques aos entrevistadores. O Aldo Rebelo é mais um Ministro que poderia fazer mais pelo esporte, mas prefere dizer que está tudo bem. A sensação que eu tive com essa entrevista é que ele parece viver em um universo paralelo. No entanto eu não consigo acreditar que ele viva em um universo paralelo, tão pouco o Aldo Rebelo seja um ingênuo. Pelo contrário, é um homem muito inteligente e foi o presidente da CPI CBF/Nike, ou seja, ele conhece bem o que acontece no nosso esporte, no futebol.

É lamentável que respostas não sejam dadas. As respostas que se esperam não são dadas porque não há como responder. A minha conclusão é a seguinte, não existe no Ministério do Esporte um ministro, como não havia nos anteriores, disposto a colocar ordem na casa. Não existe Ministro disposto a questionar os gastos públicos embutidos em Pan Americano, em Copa do Mundo e em Olimpíadas. O Ministro usa o argumento das exigências da FIFA e quando questionado a respeito ele se irrita, isso eu acho uma pena. O programa Roda Viva serviu, principalmente para quem assistiu, para perceber que o Ministro do Esporte não parece preocupado em organizar e moralizar o nosso futebol, pelo menos ele não demonstra essa intenção. Tanto que o tempo todo ele tenta justificar e defender tudo aquilo que a gente questiona. A gente que eu digo é a imprensa séria, a sociedade, aqueles que são minimamente críticos em relação à Copa do Mundo.

É sempre aquela velha história, todos os defensores da Copa do Mundo tentam vender a ideia para o povo de que tudo vai ser lindo e maravilhoso e usam números que são artificiais. O discurso do “Ame ou Deixe-o” que é lamentável. Que é uma muleta utilizada até hoje. Já foi uma muleta da direita e agora é uma muleta da esquerda. Afinal o Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, é do PCdoB.

Abaixo, o programa Roda Viva, da TV Cultura, dividido em seus quatro blocos:

Siga o portal dos Calangos nas redes sociais



Leave a Reply

Skip to toolbar