Lixo do Mané Garrincha é reciclado

Estadio_sustentavel

Estadio_sustentavel

O lixo produzido pelos mais de 20 mil torcedores que participaram da inauguração do Estádio Mané Garrincha foi recolhido, separado e vendido por cooperativas, ação que será repetida em grandes eventos para diminuir impactos ambientais e gerar lucro para os catadores do DF.

A iniciativa faz parte do projeto Agente de Mobilização Social para Grandes Eventos, e recolheu mais de uma tonelada de resíduos sólidos, 90% deles reaproveitados e vendidos pelas cooperativas.

Na inauguração do estádio vários voluntários,  vestidos com camisetas verdes e amarelas, foram responsáveis por sensibilizar os espectadores do primeiro evento- teste, com orientações e esclarecimentos sobre a importância do processo de coleta e destinação dos resíduos ali produzidos.

Essas pessoas que atuaram dentro do Estádio Nacional na inauguração também estarão presentes na abertura das Copas das Confederações e nas atividades que acontecerão no Centro de Convenções durante o período da Copa.

A expectativa é difundir entre os frequentadores do estádio e de outros grandes eventos que acontecerão no DF informações sobre a importância social e ambiental da Coleta Seletiva Solidária.

Siga o portal dos Calangos nas redes sociais



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas