Cinco estratégias para trabalhar com pessoas poderosas

602446_50810701
Eduardo Santos, Aderson Ribeiro da Silva curtimos este post

Seus coffee breaks são rigorosamente cronometrados em 15 minutos enquanto visão cópiaque seus colegas parecem ficar fora por 20 ou 25 minutos? A sua mesa é a que fica logo ao lado do banheiro que o Reginaldo de logística visita todos os dias às 10 da manhã em ponto? Será que o seu patrão fica com uma expressão de dor em seu rosto quando você fala sobre desenvolvimento de carreira? Ou talvez você vem encontrando dificuldades em ter suas ideias ouvidas, ou você não está sendo levado a sério?

Se você se vê nestes tipos de circunstâncias infelizes de trabalho, as chances são de que você precise trabalhar seu relacionamento com seu chefe.

Pessoas em posições de poder e autoridade podem fazer você se tornar um profissional fora de série ou destruir sua carreira. Seu chefe é o guardião de muitas das coisas que você quer. Ele(a) controla itens como projetos de trabalho significativos, promoções e aumentos de remuneração.

No entanto, os patrões também têm o poder de influenciar as pequenas coisas no local de trabalho que têm um grande impacto na sua satisfação cotidiana. Coisas como os seus coffee breaks, atribuições de estação de trabalho, o seu local de estacionamento, e todas as muitas outras coisas de que fazem do trabalho uma experiência agradável – ou miserável.

“Gestão” do seu chefe – uma habilidade fundamental

Saber como trabalhar com pessoas poderosas é uma habilidade de trabalho crítica e importantíssima. Assim como você administra seu tempo e seus outros recursos, você também precisa saber como “administrar” o seu chefe e outras pessoas poderosas em sua vida.stk311099rkn

Este aspecto é onde você como subordinado tem grande parte da responsabilidade. Você tem que construir ativamente o relacionamento – ou então ele tem o potencial para atropelar você. Os motivos do seu chefe podem ou não estar alinhados com o que você deseja de sua carreira. Quando você é abençoado com um chefe naturalmente favorável e motivador, então, construir essa relação não é tanto um esforço, pois é uma alegria. Por outro lado, quando se depara com um(a) chefe difícil (e, eventualmente, você vai, tenha certeza!) é preciso desenvolver algumas habilidades fundamentais para minimizar os efeitos negativos e transformar a relação ao redor.

A gestão eficaz de pessoas poderosas gira em torno de você e sua capacidade de ser um subordinado eficaz. Quando você transfere o peso da responsabilidade para si mesmo, você ganha a sensação de controle que você precisa para fazer o relacionamento funcionar. Isso começa com o reconhecimento de que, embora você esteja subordinado, você pode, e deve, ter atitudes.

Para iniciar um gerenciamento proativo dos relacionamentos que você tem com as pessoas poderosas, considere as seguintes técnicas e estratégias.

5 Estratégias para trabalhar com pessoas poderosas

  1. 1.    Aceitar que seu chefe é seu chefe

O primeiro passo para a gestão do relacionamento é aceitá-lo. Não aceitar o relacionamento é um problema que muitas pessoas ambiciosas têm, especialmente se o chefe for mais jovem ou vem de um grupo tradicionalmente desfavorecido.

Seu chefe tem o poder e a autoridade para dirigir o seu trabalho. Isto é o que você concordou quando você aceitou o seu trabalho, e é por isso que você recebe o seu salário.

Independentemente de quem é a pessoa no poder, você tem que lidar com ele(a) e fazer o melhor da situação, de modo que você precisa superar todos os problemas que você tem. Então deixe o seu ego e “atitude” lá na porta – mesmo que ache que deveria ser o chefe, você não é!

  1. 2.    Permita que o seu chefe cometa erros.

As pessoas com poder não são perfeitas, nem você é. Se você esperar muito do seu chefe, ele(a) poderá te decepcionar muito, lembre-se disto. Mantenha as coisas em perspectiva, na perspectiva correta e equilibrada!

  1. 3.    Compreender o estilo de gerir de seu chefe

Existem muitos estilos diferentes e naturais de gestão. Alguns são melhores que outros em determinadas situações e para certas pessoas. O problema é descobrir o que funciona melhor quando e para quem. Reconheça que o seu chefe está passando por esse exato problema.

Adapte as suas necessidades e reações ao estilo de seu chefe e entenda o seu próprio estilo preferido, e considere isto ao cultivar relacionamento com o seu chefe. Aqui estão algumas instruções que farão você pensar sobre a maneira preferida de seu chefe de trabalhar com os outros:

  • Como é que o seu chefe gostaria de receber informações? (Notas? Email? Falado diretamente? Alguma outra forma?)
  • Como o seu chefe estabelece as expectativas dele?
  • Quais são as expectativas específicas do seu chefe para com você em termos de produtividade, resultados, vestimenta, comportamento, etc.?
  • Que tipo de comunicador é o seu chefe?
  • Como é que ele(a) lida com más notícias ou imprevistos?
  • Como é que ele(a) reage ao próprio chefe?

Ao saber que tipo de estilo de gestão seu chefe usa, e entender o tipo de estilo que você prefere, você pode começar a descobrir algumas fontes de desacordo e disfunção e fazer algo sobre.

Outra dica é examinar o que seu chefe aprecia em seus subordinados (como os “escolhidos” agem?). E depois tentar desenvolver alguns desses atributos.

  1. 4.    Faça seu chefe parecer “O Cara”.

Todo mundo responde a elogios. Quando você executa algo de maneira a deixar seu chefe bem, ele(a) vai receber elogios de pessoas mais acima na organização. Veja alguns modos de conseguir isto:

  • Resolva problemas de forma eficaz;
  • Se você for solicitado a fazer algo importante que parece impossível, faça o seu melhor para pensar criativamente;
  • Se você não pode resolver um problema sozinho, verifique se você tem uma proposta de solução quando for ao seu chefe para obter ajuda;
  • Cumpra os prazos, ou se você vê que não vai dar, verifique para que seu chefe saiba com antecedência e explique a ele(a) por que você não foi capaz de concluí-los no tempo previsto;
  • Produza resultados verdadeiramente notáveis.

O outro lado da moeda é não fazer algo que deixe o seu chefe em “maus lençóis”, e não comportar-se de tal forma que ele(a) tenha que defendê-lo. Afinal, se você faz algo que seu chefe tem de te defender, outras pessoas na organização devem estar se perguntando por que ele(a) não está controlando o que está acontecendo dentro de sua equipe.

5.    Trabalhe de forma inteligente

Pessoas poderosas apreciam a eficácia e produtividade. Aprenda a trabalhar de forma a aperfeiçoar resultados. Veja algumas dicas:

tranquilidade cópia

  • Se você puder evitar, não diga “não posso” – pessoas poderosas são acostumadas a conseguir o que querem; então, se certifique de entregar seus projetos, mesmo se o que você entrega é um produto renegociado;
  • Respeitar o tempo delas – pessoas poderosas estão na demanda, portanto, você precisa apresentar suas idéias de forma rápida e sucinta;
  • Aprenda a ler nas entrelinhas – pessoas poderosas, muitas vezes não explicam as coisas plenamente – eles esperam que você “pegue no ar” o que elas estão dizendo. Encontre uma fonte de informação que vai trazer velocidade conforme necessário;
  • Entregar resultados – Missão dada é missão cumprida;
  • Trabalhe de forma independente quando for o caso.

Coach Thiago Ferreira

Siga o portal dos Calangos nas redes sociais



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas