DF terá frota mais moderna e sustentável do país

DF terá frota mais moderna e sustentável do país
Aderson Ribeiro da Silva curti este post

DF terá frota mais moderna e sustentável do país

A frota zero quilômetro começa a circular em julho na chamada Bacia 5, que compreende as cidades da área oeste, onde estão Ceilândia, Brazlândia e Taguatinga. Todos os novos ônibus terão acessibilidade universal e utilizarão Padrão Euro 5, o que significa que emitem 180 vezes menos partículas poluentes do que os atuais ônibus do DF.

ITENS DE QUALIDADE, CONFORTO E SEGURANÇA DOS NOVOS ÔNIBUS:

Acessibilidade universal;

Monitoramento por GPS, ligado ao Centro de Controle de Operações – CCO;

Câmeras de segurança, transmitindo imagens em tempo real para o CCO;

Avisos sonoros da parada atual e da próxima parada, orientando os passageiros;

Monitores de TV;

Aviso luminoso traseiro da velocidade do veículo;

Aviso sonoro ao motorista sobre ocorrências como: porta aberta, velocidade acima do permitido, direção perigosa, freada brusca, além do registro eletrônico de todas essas ocorrências e inconformidades, permitindo ao operador ter acesso aos relatórios;

Acessibilidade: todos os veículos deverão ser acessíveis para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, através de piso baixo ou piso normal equipado de plataforma elevatória veicular ou, ainda, piso normal com plataforma de embarque/desembarque;

Sistema de Direção: deve possuir assistência hidráulica, elétrica ou outro dispositivo de redução de esforço;

Ar condicionado e Sistema de Transmissão: os veículos que circulam no corredor exclusivo de ônibus (BRT) deverão ter ar condicionado e câmbio automático;

Largura das portas: os ônibus que circulam no corredor terão portas com largura mínima de 1,10m e os ônibus das linhas alimentadoras terão portas com largura mínima de 0,95m (hoje, todos têm portas com largura de 0,80m).

Bancos dos Passageiros: os bancos e os encostos de cabeça devem ser estofados (antes eram de fibra de vidro). A parte traseira dos bancos deve ser totalmente fechada, evitando rebites ou outras formas de fixação salientes;

Piso interno: o piso deve ser recoberto com manta de borracha antiderrapante e não pode apresentar tiras metálicas, exceto para acabamento (hoje são de alumínio);

Revestimento Interno: deve proporcionar isolamento térmico e acústico, sendo os materiais empregados com características de retardamento de propagação de fogo;

Cestos de lixo: deverá ter um cesto de lixo ao lado de cada porta dos ônibus;

Comunicação externa ao usuário: o destino e número da linha deverão ser indicados por letreiros na parte frontal superior do veículo e (agora também) na lateral do veículo, ao lado da porta principal de acesso;

Acessórios da carroceria: os novos veículos a integrar o STPC/DF devem prever a instalação de Sistema de Rastreamento de Veículos (GPS), Sistema de Comunicação ao Usuário (transmissão de informações audiovisuais) e Sistema de Monitoramento Interno.

Siga o portal dos Calangos nas redes sociais



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas