Niemeyer esquecido

Niemeyer esquecido
Documentos originais do arquiteto ficam em arquivos plásticos sem qualquer conservação nem ventilação: material deteriorado

A sede do Partido Comunista em Paris, prédio projetado por Oscar Niemeyer, abriga a maior mostra sobre a vida e a obra do arquiteto já feita fora do Brasil e a primeira após a morte do artista. O trabalho do mestre, no entanto, não recebe os devidos reconhecimento e cuidado em Brasília, cidade que ajudou a projetá-lo internacionalmente. Desativado há um ano, o Espaço Oscar Niemeyer está entregue a infiltrações, fungos e descaso. O local abriga maquetes, desenhos e documentos originais, utilizados por colaboradores do arquiteto em Brasília. Tudo guardado em arquivos de plástico, empilhados em uma sala pequena.

O ambiente está sujo e o banheiro público nos fundos fica sempre aberto e é usado por moradores de rua como dormitório. O Espaço conta com vigias durante o horário comercial e fica desprotegido à noite. Os visitantes que aparecem à procura dos projetos do mestre acabam voltando sem ver nada.

Via Correio Braziliense

Siga o portal dos Calangos nas redes sociais



One Response to Niemeyer esquecido